Pétala ou caule?
Pétala ou caule?
vcs tão de férias?
"Ela era uma menina que sabia como ser feliz mesmo quando ela estava triste. E isso é importante, você sabe."
Anonymous: qual é o seu tumblr de fotos?

xxxnotofurbussiness.tumblr.com

"Foi um sofrimento horrível, mas durante o ano em que passei imobilizado, pude compreender uma verdade: de tudo o que perdi, era o coração que me fazia mais falta. Ninguém pode amar sem coração."

 

Olhe, escute só. Me trouxeram a luz. Me trouxeram um ser de luz. Me trouxeram um alguém em perfeita perfeição aos meus olhos, ao primeiro olhar. Não possui olhos cor do oceano nem tão pouco cabelos da cor dos raios do sol. São de olhos cor caramelo, que em certos momentos me nasce a vontade de devorá-los com os meus. São de cabelos encaracolados e castanhos, que em meu sub consciente me nasce a louca vontade e ali enrolar meus dedos pequenos. Não possui conta bancária nem tão pouco uma casa própria, mas de seu coração faço morada e no meu ele já fez de lar. Pudera eu fazer de lar à ele meu quarto, meu abraço, meu afago. Pudera eu. Pudera eu ao seu lado estar nesta noite chuvosa e triste. Pudera eu. Mas lhe entrego meu coração, aos embrulhos. Mas lhe entrego, querido, todo o meu amor sincero e acolhedor. Use-o quando necessário. Ao seu lado não estou, mas meu coração contigo está. Diga-me, qual é a diferença, afinal?! Quando sentir o mundo te sugar, lembre-se de que aí estou. Quando sentir que não há chão aos seus pés, lembre-se de que sempre aí estou. Não de corpo, não de calor, mas de alma. Sinta-me e saiba que aí estou. Não se esqueças nunca de que daí nunca sairei. Guarde-me em ti. Leve-me às suas batalhas. Venceremos juntos. Cante o mais alto que puder, eu estarei lhe ouvindo. Toque com amor, toque como se fosse o fim de uma era. Se despeje esta noite, querido. Despeje as lágrimas acumuladas, despejes as dores. Estou aqui com você. Quando sentir a solidão invadindo-o, lembre-se de que aí estou. E que nunca lhe largarei. E que nunca me largues. Imagine suas mãos nas minhas neste momento, se deixe levar. É uma noite chuvosa, querido, mas também é noite em que tudo se faz possível. Imagine. Imagine minha chegada, imagine minha ficada, imagine uma cama de casal bem ao seu lado, imagine madrugadas de amor puro, imagine nossos filhos correndo da porta à fora, imagine nossa velhice, apenas, imagine. Imagine o quão belo será nosso destino. Imagine que tristeza não mais existirá assim que minha pele um dia tocar a tua. Imaginou? Agora comece a crer. O tormento acabará, querido. E aí contigo estarei em breve. Você me espera com o seu melhor sorriso no portão da frente de sua casa?

Ana Carolina.

"Ah, Deus, me ajuda, por favor. Você não sabe quanto tempo faz que eu tento em vão, todo dia eu me esforço tentando mudar, mas alguma coisa sempre me empurra pra baixo, é verdade, não me deixe só aqui, sem amor. Não me deixe, Senhor."
oii
"Eu quero saber meu problema. Mesmo. Você me conhece há dez anos. Você, sempre que me encontra, deixa claro: “se precisar de alguma coisa, qualquer coisa”. E eu agora to precisando. Quero saber qual é o meu problema. Onde eu tô errando? Ele então respirou profundamente. Se ajeitou na cadeira. Desligou seus cinco celulares pra não ser interrompido. O grande momento havia chegado. Ele poderia me dizer tudo aquilo que ficou entalado em sua garganta. Aquilo que eu nunca permiti verdadeiramente que um homem ou qualquer pessoa me dissesse. Eu não estava contando uma história e pedindo conselho. Eu estava pedindo pra que me dissessem “o problema”. Eu estava pedindo ajuda ao homem mais maduro e vivido e esperto que eu conhecia. Ele então olhou com sua cara de águia míope pro garçom “não me interrompa agora caso tenha amor pela vida”. E pegou na minha mão. E apertou minha mão. E ficou muito sério. É agora, eu pensei. O único homem que realmente poderia me ajudar. Isso vai mudar a minha vida. Vai, fala logo. E ele se aproximou e disse, bem devagar, e baixinho, no meu ouvido: “Não olha agora, mas o cara da mesa ao lado é igualzinho o Shrek”."
"Você deitou a cabeça no meu colo, me pediu um cafuné, eu te fiz. Descobri todos os caminhos do teu corpo apenas com um olhar, fiquei com o cheiro do teu cabelo em meus dedos, tenho a marca de suas mãos no meu corpo, tenho a marca dos seus olhos nos meus. Você deitou e dormiu, e quem sonhou fui eu. Os mais belos dos anjos, caiu no meu colo. Depois de um tempo, acordou. Se levantou, e se foi. Virou pó, fumaça, poeira. Resquício de amor. Virou um sonho bonito, no qual eu quis dormir de novo, para saber o final. Quis dormir de novo, para ter seus lábios nos meus, suas mãos nas minhas, você e eu, formando um só. Um nó. Um “nós”."
theme